Filhos da Graça!!

MULHER...HUMANA, FIEL, PECADORA, IMPERFEITA, MAS ADORADORA DE DEUS PQ SÓ ELE TEM O MELHOR PRA MIM!.

Minha foto

IMPERFEITA, PECADORA, HUMANA, GRATA, mulher, mãe, avó, amiga leal.
Apaixonada  por Deus, pela minha família e pela vida, o que ela me dá de ruim eu deleto, o que vem de bom eu recebo e agradeço.

Seguidores de Cristo, que vem me visitar..Graça e Paz!!!

Devocional

domingo, 29 de novembro de 2015

EDELY TÁPIA ENTREVISTA - GUILHERME SCHELB

A  EXCLUSÃO  DA FAMILIA TRADICIONAL PELO PT

sábado, 21 de novembro de 2015

REFLEXÃO

UNÇÃO...

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

OS SÁBIOS HERDARÃO A HONRA

ESSA  PALAVRA  É  TÃO  CLARA  QUE  NÃO PRECISA  DE  ORIENTAÇÃO  PARA ENTENDÊ-LA.
Leia com o seu coração aberto, por  que, bem aventurado  o homem  que  acha  sabedoria , e o homem  que adquire conhecimento,   está escrito   nesse  estudo.
Tenha  um dia   cheiiiinhhhhhooooo de paz!
AnaMedeiros


Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos.
Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz.
Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração.
E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem.
Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal.
Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.
Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.
Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão.
Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.
Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;
Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino.
Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela.
Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra.
Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz.
É árvore de vida para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm.
O Senhor, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus.
Pelo seu conhecimento se fenderam os abismos, e as nuvens destilam o orvalho.
Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos: guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso;
Porque serão vida para a tua alma, e adorno ao teu pescoço.
Então andarás confiante pelo teu caminho, e o teu pé não tropeçará.
Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares.
Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier.
Porque o Senhor será a tua esperança; guardará os teus pés de serem capturados.
Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo.
Não digas ao teu próximo: Vai, e volta amanhã que to darei, se já o tens contigo.
Não maquines o mal contra o teu próximo, pois que habita contigo confiadamente.
Não contendas com alguém sem causa, se não te fez nenhum mal.
Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos.
Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sinceros ele tem intimidade.
A maldição do Senhor habita na casa do ímpio, mas a habitação dos justos abençoará.
Certamente ele escarnecerá dos escarnecedores, mas dará graça aos mansos.
Os sábios herdarão honra, mas os loucos tomam sobre si vergonha.
Provérbios 3:1-35

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Sede fortes, e revigore-se o vosso coração

Salmos – Capítulo 31

1 Em ti, SENHOR, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça.
2 Inclina-me os ouvidos, livra-me depressa; sê o meu castelo forte, cidadela fortíssima que me salve.
3 Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; por causa do teu nome, tu me conduzirás e me guiarás.
4 Tirar-me-ás do laço que, às ocultas, me armaram, pois tu és a minha fortaleza.
5 Nas tuas mãos, entrego o meu espírito; tu me remiste, SENHOR, Deus da verdade.
6 Aborreces os que adoram ídolos vãos; eu, porém, confio no SENHOR.
7 Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois tens visto a minha aflição, conheceste as angústias de minha alma
8 e não me entregaste nas mãos do inimigo; firmaste os meus pés em lugar espaçoso.
9 Compadece-te de mim, SENHOR, porque me sinto atribulado; de tristeza os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo.
10 Gasta-se a minha vida na tristeza, e os meus anos, em gemidos; debilita-se a minha força, por causa da minha iniqüidade, e os meus ossos se consomem.
11 Tornei-me opróbrio para todos os meus adversários, espanto para os meus vizinhos e horror para os meus conhecidos; os que me vêem na rua fogem de mim.
12 Estou esquecido no coração deles, como morto; sou como vaso quebrado.
13 Pois tenho ouvido a murmuração de muitos, terror por todos os lados; conspirando contra mim, tramam tirar-me a vida.
14 Quanto a mim, confio em ti, SENHOR. Eu disse: tu és o meu Deus.
15 Nas tuas mãos, estão os meus dias; livra-me das mãos dos meus inimigos e dos meus perseguidores.
16 Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo; salva-me por tua misericórdia.
17 Não seja eu envergonhado, SENHOR, pois te invoquei; envergonhados sejam os perversos, emudecidos na morte.
18 Emudeçam os lábios mentirosos, que falam insolentemente contra o justo, com arrogância e desdém.
19 Como é grande a tua bondade, que reservaste aos que te temem, da qual usas, perante os filhos dos homens, para com os que em ti se refugiam!
20 No recôndito da tua presença, tu os esconderás das tramas dos homens, num esconderijo os ocultarás da contenda de línguas.
21 Bendito seja o SENHOR, que engrandeceu a sua misericórdia para comigo, numa cidade sitiada!
22 Eu disse na minha pressa: estou excluído da tua presença. Não obstante, ouviste a minha súplice voz, quando clamei por teu socorro.
23 Amai o SENHOR, vós todos os seus santos. O SENHOR preserva os fiéis, mas retribui com largueza ao soberbo.
24 Sede fortes, e revigore-se o vosso coração, vós todos que esperais no SENHOR.

domingo, 15 de novembro de 2015

Caminho

Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. João 14:6

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

TUDO QUE EU QUERO NÃO É TUDO QUE EU PRECISO

                                           


Vendo a novela   DEZ MANDAMENTOS,  coloco-me a  pensar, a refletir sobre meus  sentimentos, minha  vida e meu cotidiano.
Então  vejo o  quão  ingrata  sou    com a benignidade  de Deus para comigo.

Não  tenho  tudo  que quero, mas  tenho  tudo que  eu  preciso. 

Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância. Cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus. Filipenses 4:18

Sei  que a minha maior dificuldade é  o meu  eu, o  meu interior, o sentido  de ser  e  de  estar.Entendo  que  ser   e estar são opcionais.
O meu  ser,  eu posso melhorar.
A crise emocional ou espiritual que estou  vivendo, posso  por força  da  fé, desvincula-la de mim, por  que se estou agora, não estava  antes.

O  povo  que  seguia Moisés via  as bençãos de Deus: aves  e maná caindo  do céu,  água salgada  que  se torna doce, sandálias  e roupas que  não rasgavam.A nuvem  de  poeira  para  guiá-los durante o  dia a de fogo para iluminar e  esquentar   a noite, e mesmo assim alguns reclamavam, vendo  tudo e  sentindo  tudo.

E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito para que morrêssemos neste deserto? Pois aqui nem pão nem água há; e a nossa alma tem fastio deste pão tão vil. Números 21:5
E era o maná como semente de coentro, e a sua cor como a cor de bdélio. Números 11:7
E chovera sobre eles o maná para comerem, e lhes dera do trigo do céu. Salmos 78:24

Não vivo  nos tempos de Moisés mas aprendi  que  tenho os olhos  da  fé. O  milagre  e  a  fé são  abstratos,  aos olhos  humanos.Mas  quando acontece um milagre, os  dois  se  tornam concretos,  então aí,  tenho a  certeza que  tenho vivido pela  fé.
Não posso ser igual  ao  Rei  do  Egito, incrédula!
Preciso  orar  mais ou voltar  a  orar, preciso voltar  a congregar com fidelidade, por  que meu DEUS  É FIEL.


Guia-me  Deus pelo meu deserto interior,  não deixes  que  eu vacile mais...

Aquele que guiou o seu povo pelo deserto; porque a sua benignidade dura para sempre; Salmos 136:16

MAS TENHO A PROMESSA  DO MEU PAI,  ELE VÊ MINHA  AFLIÇÃO, CONHECENDO A MINHA ALMA, então:


Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois consideraste a minha aflição; conheceste a minha alma nas angústias. Salmos 31:7
Obrigada  DEUS  lindo, meu lindo  DEUS!!!
AnaMedeiros


EZEQUIEL 3----1 A 27

Depois me disse: Filho do homem, come o que achares; come este rolo, e vai, fala à casa de Israel.
Então abri a minha boca, e me deu a comer o rolo.
E disse-me: Filho do homem, dá de comer ao teu ventre, e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Então o comi, e era na minha boca doce como o mel.
E disse-me ainda: Filho do homem, vai, entra na casa de Israel, e dize-lhe as minhas palavras.
Porque tu não és enviado a um povo de estranha fala, nem de língua difícil, mas à casa de Israel;
Nem a muitos povos de estranha fala, e de língua difícil, cujas palavras não possas entender; se eu aos tais te enviara, certamente te dariam ouvidos.
Mas a casa de Israel não te quererá dar ouvidos, porque não me querem dar ouvidos a mim; pois toda a casa de Israel é de fronte obstinada e dura de coração.
Eis que fiz duro o teu rosto contra os seus rostos, e forte a tua fronte contra a sua fronte.
Fiz como diamante a tua fronte, mais forte do que a pederneira; não os temas, pois, nem te assombres com os seus rostos, porque são casa rebelde.
Disse-me mais: Filho do homem, recebe no teu coração todas as minhas palavras que te hei de dizer, e ouve-as com os teus ouvidos.
Eia, pois, vai aos do cativeiro, aos filhos do teu povo, e lhes falarás e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS, quer ouçam quer deixem de ouvir.
E levantou-me o Espírito, e ouvi por detrás de mim uma voz de grande estrondo, que dizia: Bendita seja a glória do SENHOR, desde o seu lugar.
E ouvi o ruído das asas dos seres viventes, que tocavam umas nas outras, e o ruído das rodas defronte deles, e o sonido de um grande estrondo.
Então o espírito me levantou, e me levou; e eu me fui amargurado, na indignação do meu Espírito; porém a mão do SENHOR era forte sobre mim.
E fui a Tel-Abibe, aos do cativeiro, que moravam junto ao rio Quebar, e eu morava onde eles moravam; e fiquei ali sete dias, pasmado no meio deles.
E sucedeu que, ao fim de sete dias, veio a palavra do Senhor a mim, dizendo:
Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a palavra e avisá-los-ás da minha parte.
Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei.
Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma.
Semelhantemente, quando o justo se desviar da sua justiça, e cometer a iniqüidade, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá: porque tu não o avisaste, no seu pecado morrerá; e suas justiças, que tiver praticado, não serão lembradas, mas o seu sangue, da tua mão o requererei.
Mas, avisando tu o justo, para que não peque, e ele não pecar, certamente viverá; porque foi avisado; e tu livraste a tua alma.
E a mão do Senhor estava sobre mim ali, e ele me disse: Levanta-te, e sai ao vale, e ali falarei contigo.
E levantei-me, e saí ao vale, e eis que a glória do Senhor estava ali, como a glória que vi junto ao rio Quebar; e caí sobre o meu rosto.
Então entrou em mim o Espírito, e me pôs em pé, e falou comigo, e me disse: Entra, encerra-te dentro da tua casa.
E quanto a ti, ó filho do homem, eis que porão cordas sobre ti, e te ligarão com elas; não sairás, pois, ao meio deles.
E eu farei que a tua língua se pegue ao teu paladar, e ficarás mudo, e não lhes servirás de repreendedor; porque eles são casa rebelde.
Mas, quando eu falar contigo, abrirei a tua boca, e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS: Quem ouvir ouça, e quem deixar de ouvir, deixe; porque eles são casa rebelde
Ezequiel 3:1-27

AMO O SENHOR


                                        


quarta-feira, 4 de novembro de 2015

EZEQUIEL 2

Deus  prepara Ezequiel para enfrentar  homens de coração  de pedra e semblantes  de homens  maus.
Mas  em tudo  sabemos que Deus está  conosco, que Ele  nos prepara, nos  capacita 
antes  de nos enviar ao meio  de feras, cobras e escorpiões.
 Por  que  um homem de cerviz endurecida é pior   que  um  animal.
O  animal    só nos ataca  quando  se sente  ameaçado.ou  está  com  fome.
Deus nos ensina a  não sermos  como  a  casa rebelde....
Ouvi  em tudo  e em  primeiro  lugar  a voz  de Deus
AnaMedeiros

E disse-me: Filho do homem, põe-te em pé, e falarei contigo.
Então entrou em mim o Espírito, quando ele falava comigo, e me pôs em pé, e ouvi o que me falava.
E disse-me: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais transgrediram contra mim até este mesmo dia.
E os filhos são de semblante duro, e obstinados de coração; eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS.
E eles, quer ouçam quer deixem de ouvir (porque eles são casa rebelde), hão de saber, contudo, que esteve no meio deles um profeta.
E tu, ó filho do homem, não os temas, nem temas as suas palavras; ainda que estejam contigo sarças e espinhos, e tu habites entre escorpiões, não temas as suas palavras, nem te assustes com os seus semblantes, porque são casa rebelde.
Mas tu lhes dirás as minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir, pois são rebeldes.
Mas tu, ó filho do homem, ouve o que eu te falo, não sejas rebelde como a casa rebelde; abre a tua boca, e come o que eu te dou.
Então vi, e eis que uma mão se estendia para mim, e eis que nela havia um rolo de livro.
E estendeu-o diante de mim, e ele estava escrito por dentro e por fora; e nele estavam escritas lamentações, e suspiros e ais.
Ezequiel 2:1-10

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

EZEQUIEL 1

Leia  com  atenção  redobrada,  peça  a sabedoria  do  Alto para  entender  eu ainda estou tentando  compreender  com  os  olhos  do espírito.
A  mistura  dos seres viventes entre  feras  e semelhantes   a  um  homem,  o grande vento, a nuvem   envolvida  em  fogo,  os  rostos com aparência  de  um lado  de  um rosto  de  leão dou outro lado o rosto  de  um boi, seus  pés somente pés direitos  e  as plantas  dos SEUS pés como  de uma  BEZERRA.
MAS  ALI ESTAVA  SOBRE  ELE A MÃO  DO SENHOR
Vamos meditar  nesse  palavra, depois meditaremos  em  Ezequiel 2
Se puder deixe seu comentário...obrigada!
AnaMedeiros

E aconteceu no trigésimo ano, no quarto mês, no quinto dia do mês, que estando eu no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus.
No quinto dia do mês, no quinto ano do cativeiro do rei Jeoiaquim,
Veio expressamente a palavra do Senhor a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do Senhor.
Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, uma grande nuvem, com um fogo revolvendo-se nela, e um resplendor ao redor, e no meio dela havia uma coisa, como de cor de âmbar, que saía do meio do fogo.
E do meio dela saía a semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem.
E cada um tinha quatro rostos, como também cada um deles quatro asas.
E os seus pés eram pés direitos; e as plantas dos seus pés como a planta do pé de uma bezerra, e luziam como a cor de cobre polido.
E tinham mãos de homem debaixo das suas asas, aos quatro lados; e assim todos quatro tinham seus rostos e suas asas.
Uniam-se as suas asas uma à outra; não se viravam quando andavam, e cada qual andava continuamente em frente.
E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todos os quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro.
Assim eram os seus rostos. As suas asas estavam estendidas por cima; cada qual tinha duas asas juntas uma a outra, e duas cobriam os corpos deles.
E cada qual andava para adiante de si; para onde o espírito havia de ir, iam; não se viravam quando andavam.
E, quanto à semelhança dos seres viventes, o seu aspecto era como ardentes brasas de fogo, com uma aparência de lâmpadas; o fogo subia e descia por entre os seres viventes, e o fogo resplandecia, e do fogo saíam relâmpagos;
E os seres viventes corriam, e voltavam, à semelhança de um clarão de relâmpago.
E vi os seres viventes; e eis que havia uma roda sobre a terra junto aos seres viventes, uma para cada um dos quatro rostos.
O aspecto das rodas, e a obra delas, era como a cor de berilo; e as quatro tinham uma mesma semelhança; e o seu aspecto, e a sua obra, era como se estivera uma roda no meio de outra roda.
Andando elas, andavam pelos seus quatro lados; não se viravam quando andavam.
E os seus aros eram tão altos, que faziam medo; e estas quatro tinham as suas cambotas cheias de olhos ao redor.
E, andando os seres viventes, andavam as rodas ao lado deles; e, elevando-se os seres viventes da terra, elevavam-se também as rodas.
Para onde o espírito queria ir, eles iam; para onde o espírito tinha de ir; e as rodas se elevavam defronte deles, porque o espírito do ser vivente estava nas rodas.
Andando eles, andavam elas e, parando eles, paravam elas e, elevando-se eles da terra, elevavam-se também as rodas defronte deles; porque o espírito do ser vivente estava nas rodas.
E sobre as cabeças dos seres viventes havia uma semelhança de firmamento, com a aparência de cristal terrível, estendido por cima, sobre as suas cabeças.
E debaixo do firmamento estavam as suas asas direitas uma em direção à outra; cada um tinha duas, que lhe cobriam o corpo de um lado; e cada um tinha outras duas asas, que os cobriam do outro lado.
E, andando eles, ouvi o ruído das suas asas, como o ruído de muitas águas, como a voz do Onipotente, um tumulto como o estrépito de um exército; parando eles, abaixavam as suas asas.
E ouviu-se uma voz vinda do firmamento, que estava por cima das suas cabeças; parando eles, abaixavam as suas asas.
E por cima do firmamento, que estava por cima das suas cabeças, havia algo semelhante a um trono que parecia de pedra de safira; e sobre esta espécie de trono havia uma figura semelhante a de um homem, na parte de cima, sobre ele.
E vi-a como a cor de âmbar, como a aparência do fogo pelo interior dele ao redor, desde o aspecto dos seus lombos, e daí para cima; e, desde o aspecto dos seus lombos e daí para baixo, vi como a semelhança de fogo, e um resplendor ao redor dele.
Como o aspecto do arco que aparece na nuvem no dia da chuva, assim era o aspecto do resplendor em redor. Este era o aspecto da semelhança da glória do Senhor; e, vendo isto, caí sobre o meu rosto, e ouvi a voz de quem falava.
Ezequiel 1:1-28

DESCANSAR....